sábado, 17 de abril de 2010

Um desabafo a uma Pessoa Ingrata!

 É facílimo virar o rosto para as pessoas que realmente gostam de você.
Se existe cobrança, é porque devemos melhorar em algo. E por que não?
A vida é muito curta pra importar-mos com bobagens...
Maturidade adquire-se não com o tempo, nem com a idade que fazemos... Não é presente de consolação por mais um ano de vida. Maturidade adquire-se com as experiências que vivemos, sofrendo, rindo, chorando, cantando, caindo e levantando para passar por mais um obstáculo da nossa vida que está por vir.
Algumas pessoas aprendem com aquela topada ou até um escorregão que te deixou machucado por dias. Outras precisam cair uma, duas, três vezes pra entender que se você pisar na casca de banana você cairá novamente, se machucará e irá doer por vários dias de novo, de novo e de novo.

Maturidade requer muita prática pra lhe dar com pessoas que não entendem o que está a sua frente. Maturidade é não envolver pessoas em seus problemas, é não dividir seu segredo. Não é segredo? E SEU! Pra que dividir com pessoas algo que só lhe diz respeito e só te interessa? A partir do momento que você diz: - Vou te contar um segredo! Deixa de ser segredo...
Maturidade é saber resolver seus problemas, seus conflitos, suas diferenças pessoas, intelectuais e sociais sabendo que hoje em sua vida não existe mais o EU e sim o NÓS. Mesmo estando “sozinha” sempre estará acompanhada por uma criança que não tem culpa se seus pais estão separados... Mesmo assim são seus pais! Não tem culpa se sua mãe quer viver outra relação... VIVA! Mais se lembre que seu filho veste, calça, alimenta-se e que possui necessidades a ser realizadas iguais a você e precisa de sua atenção, compreensão e MATURIDADE pra perceber que é só uma criança e sua frustração, seu sonho não conquistado, seus planos afundados, seu amor não correspondido não tem nada haver com ele, afinal a precipitação foi sua! Somente sua!
Não estou aqui pra mendigar sua amizade... Longe de mim! Sou amiga de quem me entende, de quem realmente sabe valorizar uma amizade a ponto de perceber que amigos não são só para nos agradar, ou confirmar algo que tanto desejamos ouvir, amigos também são para nos contrariar e nos mostrar que nem sempre estamos certos, mais nem por isso deixam de estar ao nosso lado, muito menos nos viram a cara. Independente do que façamos cada um tem o seu valor... Valores adquiridos na infância que com muito amor nossas mães, nossos pais, que presentes todos os dias tentaram nos mostrar o caminho certo para crescermos felizes, realizados, completos e plenos. Mais nós filhos, não entendemos os nossos pais, os seus planos, o seu zelo e o seu amor tão grandioso a ponto de ferir nosso ego e nos precipitamos em decisões que os machucam... Mais que irão nos machucar ainda mais, pois esses erros levam pro resto da vida, feridas não cicatrizadas, dores não passadas, filhos infelizes e provavelmente incapazes.
Algumas pessoas entendem o real valor de ser mãe e de possuir uma mãe ao dar a luz ao um filho. Mais outras as julga mal...
Como pode uma filha que foi criada por sua mãe, muito bem criada por sinal, ousar abrir a boca pra difamar a sua mãe e culpa-la de sua falta de atenção ao seu filho?
Poxa!
Sua mãe lhe criou! Batalhou, sustentou, sofreu, na verdade “comeu o pão que o Diabo amassou” pra lhe dar conforto, boa educação e lhe garantir o melhor dentro das possibilidades financeiras que podia oferecer.
Sou ou era sua amiga, mais não sou cega, surda, muda nem sou louca a ponto de não enxergar quem é quem, de não sentir frustração ou de ouvir coisas que eu sei que não é o que ouço.
Seu filho só tem você, ou melhor... Vocês!
Jamais, e eu repito Jamais sua mãe faria algo pra prejudicar seu filho, você ou abalar a relação dos dois.


Aí eu me pergunto: O que eu estou fazendo? Mais uma vez me metendo em problemas alheios?
E eu mesmo me respondo: Não me meto até não me envolverem...
Bom, seja madura a ponto de resolver sua diferença até comigo mesma... Mais seja MADURA, ADULTA, RESPONSÁVEL, MAIS NEM POR ISSO DEIXE DE VIVER O MELHOR DE SUA VIDA... VOCÊ É JOVEM MAIS PRIMEIRO RESOLVA SEUS PROBLEMAS PRA NÃO ENVOLVER NINGUÉM A PONTO DE ESTREMECER UMA RELAÇÃO DE ANOS!
Seja Feliz!





4 comentários:

  1. Oi Jéssica... Agora vc tem como desabafar de uma maneira bem legal e saber a opinião das pessoas em relaçao ao que vc quisesr que todos nós tenhamos acesso....
    Adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
    Vou te visitar sempre......
    Lindooooooooooooooooooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  2. Só não gostei desse fundo preto. Tenho dificuldade pra ler por isso prefiro um fundo claro. Escolhe um fundo da cor do amor: azul com letras brancas. Acho que fica mais legal.
    Desculpe.
    No geral amei. Hoje quando eu chegar do trabalho à noite vou ler tudo bem direitinho.

    ResponderExcluir
  3. Maninha, seu blog está muito lindo...

    Belas palavras...

    Simples e Sinceras!

    Amo Você!

    Beijooo.

    Naná

    (É que tá no e-mail de Lucas)

    ResponderExcluir
  4. Bom dia.
    Hoje levantei como todos os dias amarga desanimada, e ingrata!
    Pesquisando no google me deparei com esse seu texto, parece que vc estava falando comigo.. escreveu ele pra mim.
    Eu tenho 30 anos, um filho de dois, saudável lindo, um marido batalhador, trabalhador, carinhoso, prestativo meu pai e minha mãe sempre me ajudaram quando eu precisei, não nos falta nada em casa, dinheiro ou saúde.. trabalho na profissão em que escolhi.. e mesmo assim sou uma pessoa ingrata, vivo amargurada pelos cantos culpando a tudo e a todos pela minha imaturidade, já escorreguei na casca da banana por diversas vezes, mas parece que não consigo aprender.
    Não passo tempo suficiente com meu filho, não sou uma boa mãe, ele sente minha falta, acorda todos os dias e diz pra mim: _Eu te amo mamãe querida! e eu me sinto ainda pior, saio por aí em busca de amantes, magoando meu marido.. minha familia, e dou mais valor a eles do que as pessoas q me amam.. fico enchendo a cabeça dos poucos amigos q eu tenho, e se não concordam eu acho que não são amigos..
    Em fim, estou no trabalho agora e não posso me prolongar, só queria deixar esse comentário, pra que vc soubesse que esse texto mudou de certa forma algo dentro de mim, gravei ele comigo e vou ler ele todos os dias..
    OBRIGADA!

    ResponderExcluir